quarta-feira, 16 de maio de 2012

Saudades de Você...



Saudades eu sinto
Do tempo que eu te ouvia;
A tua doce e suave voz
Trazia esperança, conforto e alegria.

Saudades eu sinto
Da tua graça e beleza;
Da tua simplicidade
Revelada em tua grandeza.

Ah! que saudades…
Saudades do nobre perdão;
Que enchia a minh’alma
E consolava o meu coração.

Mostravas-me o caminho
Da pura felicidade
Que de tão feliz que eu era
Eu hoje sinto saudades.

Por onde andas tu
Que já não ouço falar?
Não me dão notícias suas
Nem me dizem onde estás.

Quero ouvir-te chamar-me
De Bem Aventurado;
Instruir o meu caminho
E dizer que sou amado.

Queria muito te ver
Te ouvir e te abraçar
Mas já não falam de você
E minha saudade só faz aumentar.

Ah! quem me dera de novo
Poder em teus braços me envolver
Sentir o teu doce aroma.
Ah! que saudades de você.

Te procuro e não te acho
Nos lugares onde deveria
Minh’alma anseia por ti
Minha vida por ti daria.

Ah! quanta saudades
Do teu amor, do teu esmero
Das tuas palavras, do teu propósito
Ah! que saudades de você… EVANGELHO!


Um comentário:

joacy junior disse...

Graça e Paz querido. Sou o autor desse poema. Tenho um site com artigos e outros poemas sobre o evangelho, segue o link caso queira conferir:

http://joacyjunior.webnode.com/news/saudades-de-voc%c3%aa-/

Sem mais, Joacy Júnior

Postar um comentário