quarta-feira, 15 de maio de 2013

O Bilionário Mercado Gospel




O mercado gospel movimenta 12 bilhões por ano, segundo dados da ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing).

Pergunto: em que está sendo revestido todo esse lucro? Aos pobres e necessitados, assim como Jesus nos ensinou? Claro que não!

Vamos a uma conta rápida: 1 bilhão de reais daria para criar 750 mil empregos, cada família tem em média 4 pessoas, seriam mais de 3 milhões e 750mil pessoas beneficiadas, isso com 1 bilhão, multiplicamos isso por 12: são 45 milhões de pessoas! Agora espante, o Brasil possui 20 milhões de pessoas abaixo da linha da pobreza (dados do IBGE). Isso mesmo, 45 milhões que chegamos na nossa conta é mais do que o dobro de pessoas abaixo da pobreza!

Isso somente o que eu (ops, eu não), você consome desse mercado. Mas e se agora somarmos os dízimos e ofertas que as igrejas recolhem, qual seria os $$$? São 20,6 bilhões por ano (Dados da Receita Federal). Isso mesmo, 20,6 bilhões de reais anuais arrecadados de ofertas e dízimos pelas igrejas. Somados com os 12 Bilhões do mercado gospel isso dá 32,6 bilhões por ano, somente no Brasil. Sim, eu também fiquei com a mesma boca aberta que você!

Mas eu poderia ter somado o lucro do mercado gospel com os dízimos e ofertas? Sim eu poderia, pois cada um que se intitula pregador, pastor, profeta, cantor, escritor e etc etc etc, começa seu "ministério" sustentando a ideia que trabalha para obra de Deus! Então subentendemos que a pobreza diminuirá, a miséria desaparecerá e os mandamentos serão cumpridos!

Mas não, na sua maioria são os números de seus bens que estão subindo, subindo na mesma velocidade que a pobreza e a miséria sobem!

Então para onde está indo todo esse dinheiro? Isso eu não sei responder! Mas sei para aonde ele não está e nunca estará, nós céus! Mateus 6:19

Já o motivo, desconfio ser o mesmo motivo que Timóteo leu em uma certa carta, o amor, ele mesmo, o amor, amor esse que deveria estar sendo usado em pessoas, e não sendo usado em coisas. "O amor do dinheiro é a raiz de toda espécie de males" (1 Timóteo 6:10).

E ainda há aqueles que falam em Avivamento nos dias de hoje. Vou te contar um segredo, não existe Avivamento e nunca existirá, enquanto o meio social que estamos inseridos não sofrer transformação.

Hoje não é mais a cor ou raça que nos diferencia das pessoas, é o dinheiro, ele dita a postura social e dita em boa parte das igrejas o nível espiritual da pessoa, benção material virou sinônimo de bençãos espirituais, quanto mais rico mais abençoado!

Isso me remete a frase do nosso querido Ariovaldo Ramos: "Sabemos que o mundo entrou na igreja, quando os membros não se vêem mais iguais"

Mas vou te confortar, e ao mesmo tempo te alertar. É impossível falar de igreja sem se falar de homens, ela é feita por nós, ela somos nós, o templo do espírito! Todos esses dados acima não são unânimes, assim como há pessoas e pessoas, há igrejas e igrejas, igrejas com "i" minúsculo e Igrejas com "I" maiúsculo, igrejas que crescem e igrejas que Deus faz crescer.

Então não se assuste. Procure consumir coisas que glorifiquem a Deus e não que aumentem seu ego ou a fama da celebridade. Procure um lugar aonde a sua oferta e seus dízimos não são moedas de troca, aonde não se ama coisas e sim pessoas!

 

Um comentário:

Anderson Curioso Bíblico disse...

Boa tarde! Gostaria de ser parceiro de seu blog e já adicionei seu banner em meu site, caso queira o meu banner não foi aceito mas pode entrar em contato por e-mail que envio o código com formato 60x120.


Grato,

Anderson - Curioso Bíblico - curiosobiblico.blogspotcom@yahoo.com.br

Postar um comentário